segunda-feira ingrata

Inspirações letristicas, durante a aula de sociologia.
É de fazer chorar, quando o dia anoitece e obriga o fantástico acabar
Ôh segunda-feira ingrata chega tão depressa só pra contrariar

Quem é de fato um paulistano, Espera o final de semana e se mete na brincadeira. Esquece tudo quando cai na balada, E no melhor da festa chega a segunda-feira.

banda eddie, é de fazer chorar.

“Deixa eu dizer o que penso desta vida, preciso demais desabafar…”

Mudei o cabelo! Isso significa que alguma coisa mudou na minha vida!

Ciclos, ciclos, ciclos… começam e terminam, nascem e morrem… como tudo na vida!

Nesse meio tempo, entre o fim e o inicio, existe o purgatório ou o amadurecimento, antes de apodrecer, morrer, mudar etc!

Nos últimos dois meses estive entre o fim e o inicio de um novo ciclo, nesse período muitas coisas aconteceram, mas elas foram tão efêmeras, tão sem vida!

– Momentos bons existiram, é logico! Afinal de contas os amigos permanecem.

Estive dormindo acordada, vendo as coisas passarem sob meus olhos, fazendo o mínimo esforço – não estava afim de nada, não queria acreditar em nada.

Nada que exige/dependesse  de mim para se movimentar – não queria exercer força sobre nada!

Queria e fiquei, aqui parada, só observando! Tava tudo tão mais ou menos, tudo tão pela metade, tudo tão sem graça e esperança.

Meus sonhos são simples, não precisam de muito, só precisam de mim na minha melhor versão!

Agora estou pronta!