#012

Eu vou indo correndo pegar meu lugar no futuro, e você?

nota: acredito do fundo do meu coração que já escrevi sobre isso, mas não consegui localizar… se você nunca leu essa história que vou contar, com certeza corre um grande risco de já tê-la ouvido…

Acredito no amor e na ausência dele… algo equivalente a solidão!

E foi exatamente em um dia de ausência de amor, que nos nós encontramos pela babilônia solitária, chamada São Paulo.
Foi como eu sempre imaginei!
Sempre foi muito claro dentro da minha cabeça, que a pessoa da minha vida me completaria… assim como se completa uma sentença, um poema, uma frase de filme…. ou no nosso caso uma música!
Você poderia ter dito “oi, tudo bem?”, mas preferiu falar despretensiosamente, como na música:
– Olá como vai?
E eu poderia até ter respondido – “eu vou indo e vc, tudo bem?”… mas nunca passaria pela minha cabeça que você continuaria a dar-me respostas cantadas…
No fundo, acho que você, assim como eu, sempre começou seus comprimentos na esperança de que algum dia alguém os completaria!

Foram 60 segundos, que durarão o tempo do sinal fechado e o tempo do nosso amor.
Naquela noite solitária, nos amamos sem medo e intensamente pelo tempo que tivemos!
Amor é isso, dura apenas o tempo que tem que durar, sem sofrimento nem culpa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s