onde moramos

quando o espaço físico se fundi e se confundi com o medo.

quando o corpo treme mesmo estando quente.

quando a boca grita mas a garganta falha.

quando a gente se perde, a gente só quer se encontrar, mesmo que seja em outro lugar!

Anúncios

Com mel, gelo e limão ou puro?

Antes minhas questões vitais fossem tão simples de ser respondidas quanto as questões da musica!

 

“Será que vai chover agora?”

O sentimento é de angustia!

Aquele angustia que dói e se confundi com medo…

Medo de ter feito tudo errado, mas o que mais causa sofrimento é a certeza de que o errado não existe.

 

“Deitar e dar um rolê lá fora?”

E por onde anda todo aquele orgulho acompanhado do discurso “eu sou melhor que você”?!

Ficou entalada não é mesmo!? Desceu goela abaixo, e doeu!

Não se engane com essa dor, não é gastrite…

 

“Trepar ou ver tv de peignoir?”

E dor sem ferida, sabe?

Tudo dói!

 

Não procure por respostas, pois elas te enlouqueceram!

Acalme seu coração, e “não se afobe não que nada é pra já”.

Beba água, quem sabe ela acaba levando a angustia pra bem longe daqui!

 

 

 

A música toda?

Sim, essa era a dúvida, e na dúvida é melhor cantar a música inteira mesmo!

Hoje, revirando os arquivos do meu computador, encontrei essas pérolas, que não foram utilizadas no vídeo oficial.

Mas em tempo de Guerreiros Sem Armas, nada melhor do que inspirar os futuros guerreiros a usarem a criatividade, de maneira divertida, assim como nós fizemos!

14 vídeos inéditos do GSA 2011.

take …

Eu quero…

tanta coisa…

pensando de uma maneira geral, tudo está bem encaminhado, sabe!

formada, pos-graduada, fazendo faculdade de novo… trabalhando – gosto do que faço e faço quase tudo o que gosto…

parei de beber, não fumo, comecei a me exercitar…

moro com meus pais, não passo e nem passamos por necessidade alguma… estou e estamos todo muito bem de saúde!

que bom! sim, muito bom…

 

mas e ai… o que a gente faz no próximo bloco?!

dirigir? afinal de contas, a carta eu já tenho!

morar sozinha? sonho eternamente almejado, mas fora do alcance (financeiro).

namorar? quem?

aprender a costurar? sempre quis fazer minhas próprias roupas… mas meu tempo está  muito escasso e temos outras prioridades, como…

terminar o curso de inglês? ai que preguiça =/ e eu terei que fazer isso aos sábados =/ =/ o que não seria o fim do mundo, afinal de contas, eu não freqüento mais as…

baladas? moro muito longe e me sinto cansada ás 3h da madruga… e não tem “bus” e nem metrô a essa hora…

… academia, trabalho, facu, cama… academia, trabalho, facu, cama… academia, trabalho, facu, cama… academia, trabalho, facu, cama… academia, trabalho, facu, cama…

nofinaldesemananãofaçoporranenhuma…

as vezes eu estudo, leio um livro, ando de bike, faço uma caminhada no parque, vou pra algum barzinho, faço um almoço pros amigos, assisto seriados, vejo alguns filmes, durmo até ás 14h, durmo tarde no domingo e acordo cedo na segunda…

e ai começa tudo de novo!

 

“I don’t ever want to drink again”

Amy Amy Amy

 

Lembro com muita clareza o dia que vi pela primeira vez o clipe Rehab, enquanto corria os canais da tv, e fui surpreendida com uma voz rouco meio depre, dizendo insistentemente que não iria pra rehab!

Me apaixonei!

Amy foi cedo, assim com muitas das minhas queridinhas, com voz rouco e sentimento de depre no olhar… É podemos dizer que elas tinham algum tipo de envolvimento com álcool e drogas…. mas só algum tipo de envolvimento, nada sério…

Ficam as músicas, histórias conturbadas que rendem bons filmes, livros e mini-series…

Minha Amy versão nacional poderia ser a Maysa… até marchinha de carnaval ela consegue deixar triste… mas eu adoroooooo!

… Cassia Eller, talvez?! Sim, ela é minha queridinha… um sorriso sincero e um depressão disfarçada em vergonha e timidez.

Elis, a pimentinha…. não sei se pimenta, mas quando queria a Amy fazia o circo pegar fogo com certeza!

Enfim, todas são surpreendentes e sem comparação, afinal os estilos são completamente diferentes e atraentes aos meus ouvidos!

Assim ficamos com o que há de bom:

Modinha para Letícia, mas sem banho na fonte…

Quando eu vim para esse mundo o IV Centenário
Eu não atinava em nada
Hoje eu sou Gabriela Letícia
Gabriela Letícia ê meus camaradas

Eu nasci assim eu cresci na assim e sou mesmo assim
Vou ser  mudar sempre assim Letícia, sempre Letícia

Quem me batizou quem me nomeou – sem pedir minha opinião
Pouco me importou é assim que eu sou
Gabriela Letícia sempre Gabriela Letícia
Eu sou sempre igual diferente e não desejo o mal
Amo Odeio o natural etc e tal

http://www.vagalume.com.br/gal-costa/modinha-para-gabriela.html#ixzz1yeyCB5In

Top 10 dia dos namorados

Pra quem namora a distância: 

 

Só pra quem namora gente gostosa:

 

Namorados que sabem perdoar:

 

Namorados virgens:

 

Namoro que se deu na base da macumba:

 

Pra quem namora puta:

 

Namoro com fetiche:

 

Pra quem tá noivo:

 

Pra quem vai esperar passar os dias do namorados pra terminar o namoro, porque quer ganhar presente:

 

Namoro que começa na escola: